15/01/2018

Prevenção de acidentes na infância. Para cada idade, um cuidado!

No Brasil morrem todos os anos milhares de crianças vítimas de acidentes.

Outras milhares são hospitalizadas devido a quedas, arranhões e traumas. E a maioria desses episódios ocorrem dentro de casa.

Objetos comuns podem se tornar o motivo de acidentes, sendo que a maioria pode ser evitado com medidas simples.

Quer garantir mais segurança para os pequenos dentro de casa?

Continue conosco e veja qual o perigo em cada fase da vida da criança.

CADA IDADE, UM PERIGO

0 – 6 meses:

No carro, prefira usar assento infantil próprio para lactentes, sempre no banco traseiro e voltado para trás.

Na hora do banho, verifique a temperatura da água. O ideal é 37ºC. Não deixe a criança sozinha na banheira.

Proteja o berço e o cercado com grades altas e estreitas. O sono é importante para a criança!

Não tome líquidos quentes com a criança no colo.

Prefira os brinquedos grandes, macios e inquebráveis, para evitar machucados e sufocação.

6 meses -1 ano:

Continue com os brinquedos fortes e inquebráveis. Evite brinquedos com partes pequenas.

Proteja as escadas e as arestas pontiagudas dos móveis.

No carro, use assento especial para crianças, sempre no banco traseiro, voltado para trás

Não deixe produtos de limpeza e remédios ao alcance das crianças. Esta fase de descoberta é ideal para esses produtos serem encontrados.

Tranque os armários e coloque os produtos em locais de difícil acesso.

Tome extremo cuidado com os andadores.

1-2 anos:

Mantenha algumas portas sempre fechadas: banheiro e cozinha não devem ser acessados pela criança sozinha.

Continue com produtos de limpeza e remédios em armários altos, fora do alcance dos pequenos.

Coloque proteção em escadas e janelas. Proteja os cantos dos móveis e as tomadas da casa.

Conforme a criança cresça, adapte o assento especial para a criança no carro.

Não deixe ao alcance das crianças objetos cortantes, pontiagudos ou que possam ser engolidos.

2-4 anos:

Não permita a aproximação da criança de fogão, ferro elétrico e aquecedores. Essa é uma idade perigosa com os utensílios da casa.

Sempre que alguém estiver cozinhando, cuide com panelas e colheres que possam ser agarradas pela criança, resultando em queimaduras.

Cuidados especiais com bicicletas e brincadeiras ao ar livre. Sempre com um adulto por perto e supervisão.

4-6 anos:

Nesta etapa em que a criança já possui mais autonomia, o indicado é apenas supervisionar as suas ações e ajudá-la, sempre que necessário.

Acompanhe a criança ao atravessar a rua, coloque proteção nas janelas e escadas e acompanhe a criança em esportes como natação, esportes radicais e práticas fora da rotina.

É uma idade de curiosidade. Cuidados extras com fogo, álcool, fósforos.

6-8 anos:

Esta é uma idade em que a criança já tem um senso melhor de perigo.

Portanto, ensine hábitos de segurança.

Olhar para os dois lados antes de atravessar a rua, usar equipamentos de segurança para andar de bicicleta ou skate, boias e proteção ao entrar na água e evitar os perigos dentro de casa.

8-15 anos:

Com maior capacidade de compreensão e senso de perigo, o ideal é que até os 15 anos os familiares ainda estejam supervisionando as ações.

As crianças precisam de proteção o tempo todo, fique atento! Acidentes podem acontecer, por isso é bom saber evitá-los.

E sempre que precisar, entre em contato com a Amare! 

POR Dra. Bruna Dariva Pediatria Geral • Puericultura
CRM: 33176 | RQE: 22112
Compartilhar